quinta-feira, 29 de junho de 2017

INFORME SINTEPP: CORTES NOS SALÁRIOS!


   




Conforme, todos já esperavam, após a votação desastrosa do PCCR no dia 23/05 e a sanção do Prefeito Sebastião Miranda Filho, os cortes vieram no salário de Junho/2017 e já estão disponibilizados os contra-cheques dos professores que foram atingidos com o projeto da maldade na vida dos servidores.

   No dia, 12/06 publicamos que os cortes sairiam ainda no mês de junho, com o adicional de 1/3 de férias, que de certa forma traria uma maquiagem nos nossos contra-cheques e assim aconteceu, que inclusive no informativo oficial pontuamos que estivemos na Semad para alertar sobre a diferença salarial do 1/3 de férias do salário-base de Janeiro a Maio com uma diferenciação do 1/3 do novo salário-base de Junho com os cortes para não haver equívocos.

   Com esta celeuma, solicitamos aos companheiros que foram atingidos pelos cortes brutais em seus vencimentos, para se dirigirem ao Sintepp Sede Social na Velha Marabá munidos da seguinte documentação:

1- Termo de Posse
2- Portaria de Progressão ( Todas as Portarias de Progressão para NI, NII e NIII)
3- Contra-Cheque de Maio/2017
4- Contra-Cheque de Junho/2017

   Os documentos serão utilizados na Ação Irredutibilidade Salarial, onde podemos comprovar a redução de nossos vencimentos, como Adicional de Tempo de Serviço e Promoção Horizontal.

    Adiantamos, que no Pagamento do Salário de Julho/2017 as coisas irão piorar de vez, pois não teremos mais a maquiagem do terço de férias, e provavelmente as aulas nem iniciam, pois nossos companheiros não conseguirão nem pagar as contas. 

   Quando nos manifestamos contrários à votação no dia da sessão, ainda teve vereador que esnobou da cara dos professores, outros chegaram a dizer que votaram e votariam novamente nesse projeto maldoso e alguns até tentaram impedir o uso da tribuna solicitado pelo Sintepp em tempo hábil à casa. 

   Se hoje nosso salário está cortado e reduzido, a culpa é sem dúvida, do Prefeito Tião Miranda, mas também dos 17 vereadores que votaram o projeto e retiraram nossos direitos conquistados ao longo de anos na educação, pisando no chão da escola todos os dias para desenvolver uma educação de qualidade no nosso município.

# POLÍTICOS NÃO SÃO ETERNOS E OS PIORES NÃO IRÃO PERDURAR POR MUITO TEMPO!


A COORDENAÇÃO

2 comentários:

Weliton Moreira disse...

Os políticos passam, mas nossa dignidade sobrevive... Força amigos professores!

Weliton Moreira disse...

Os políticos passam, mas nossa dignidade sobrevive... Força amigos professores!